Quem Faz Musculação Pode Beber, Saiba Todos os Malefícios do Álcool para Quem Quer Ganhar Massa Muscular e ou Queimar Gordura Corporal
Quem Faz Musculação Pode Beber, Saiba Todos os Malefícios do Álcool para Quem Quer Ganhar Massa Muscular e ou Queimar Gordura Corporal

Quem Faz Musculação Pode Beber?

Saiba Todos os Malefícios do Álcool para Quem Quer Ganhar Massa Muscular e/ou Queimar Gordura Corporal

Beber álcool é uma ação comum, no geral. Os fisiculturistas valorizam o corpo e comem corretamente pela semana, descansam muito, bebem bastante água, para permanecer saudável e claro, treinar. Todo esforço é direcionado pela semana, no entanto, nos finais de semana beber pode ser algo recorrente.

Quem Faz Musculação Pode Beber, Saiba Todos os Malefícios do Álcool para Quem Quer Ganhar Massa Muscular e ou Queimar Gordura Corporal

Como o Álcool Reduz o Ganho de Massa Muscular

Quando se bebe muito, é fácil notar que beber prejudica os próprios ganhos. O álcool é prejudicial para desenvolvimento muscular e o ideal é cortar a bebedeira. O álcool representa calorias vazias. E não tem quaisquer nutrientes, mas tem um valor calórico de 7 calorias por grama.

Em apenas uma dose de 1.5 oz de vodka de verificação de 80, há quase 100 calorias. Para aqueles tentando perder gordura, esquecer isso se estiver bebendo. Não apenas o teor calórico alto do álcool terá um efeito negativo na ingestão total de caloria, mas também reduz o metabolismo por interromper o ciclo de Kreb.

Desde que o ciclo de Kreb não esteja funcionando corretamente, as gorduras não podem ser quebradas. Em suma, o corpo está tentando muito digerir e metabolizar o álcool, que a queima da gordura pára.

Desidratação

O consumo de álcool também prejudica o crescimento muscular. Não apenas devido a ressacas reduzindo a intensidade do treino, mas realmente reduz a síntese de proteína em 20%. Há várias razões explicando porque isso ocorre. Por um lado, desidrata as células musculares.

Como muitos sabem os músculos hidratados e até muito hidratados, como quando se toma creatina, permite ambiente anabólico muito maior. Porque as células não estão segurando tanta água, se torna muito mais difícil construir músculo.

A segunda razão explicando o álcool poder gravemente prejudicar o crescimento de músculo, é porque bloqueia a absorção de muitos nutrientes importantes que são chave para contração muscular, relaxamento e crescimento, incluindo cálcio, fósforo, magnésio, ferro e potássio.

Retarda a Síntese de Proteína

Há realmente uma trrceira maneira que o álcool retarda a síntese de proteína. Para aqueles que não sabem, o álcool reduz a testosterona e aumenta estrogênio. Em um estudo particular, os níveis de testosterona dos homens foram medidos antes e após o consumo do álcool.

Reduz Níveis de Testosterona

No estado mais intoxicado, os níveis de testosterona tinham caído a uma média de 25% inferior. E foi também interessante notar, que quando os níveis de álcool no sangue foram os mais altos, a testosterona estava em seu mais baixo.

O álcool também foi mostrado a causar uma aromatização mais rápida de andrógenos em estrogênios, o que explicaria o motivo de pessoas que bebem muito, muitas vezes ficarem com ginecomastia ao longo de um período de tempo.

Para aqueles tomando andro, o ideal seria absolutamente evitar álcool, desde que a pessoa já se encontra em risco para ginecomastia, com os níveis de andrógeno altos no sangue. Ao beber, está se colocando mais ainda em risco para aromatização. É importante notar também, que em um estudo feito com ratos, o álcool reduziu a insulina, como hormônio do crescimento 1 em até 42%. Essa é uma grande queda.

Algo notado não comum devido à queda na testosterona ao beber é que a maioria dos homens fica realmente excitada. O que se nota é que porque o álcool reduz os níveis de testosterona bastante, o corpo está se esforçando para trazê-los de volta por liberar LH, em quantidades muito grandes.

O que é também interessante notar é que LH é tão responsável por excitação quanto testosterona. Infelizmente o álcool reduz os níveis de testosterona na célula de Leydig, não a hipófise, assim LH é ineficaz em aumentar níveis de testosterona.

Álcool e Recuperação Muscular e Desempenho

Em estudos em ratos e in vitro, o álcool prejudica a síntese protéica. Algumas pessoas diretamente aplicam esse tipo de pesquisa para vida, humanos, e dizem que impede a pessoa de construir músculo e acelera a perda muscular.

Bem, isso não funciona assim. Os ratos e humanos têm diferenças metabólicas grandes, e descobertas in vitro nem sempre se aplicam in vivo. Em humanos, os efeitos da perda muscular do álcool foram apenas vistos em alcoólicos crônicos. Se tiver mais de 7 bebidas por dia, está seguindo para ter problema em desenvolver músculo, e não apenas este tipo de problema.

É também afirmado comumente que o consumo de álcool prejudica a força e interfere com a capacidade do corpo para reparar o dano muscular. Segundo estudos conduzidos por University of Massachusetts e Aarhus University, no entanto, o álcool não tem efeito sobre a força ou indicadores de dano muscular induzido por exercício.

Por outro lado, um estudo conduzido por Massey University mostrou que 1 grama do etanol por quilo de peso corpóreo após exercício aumentou o dano muscular pós-treino.
E deve ser notado, no entanto, que o regime de treino usado foi um tanto complexo, 300 contrações excêntricas em uma máquina para treinar as pernas, assim as pessoas não podem ter certeza que as descobertas se aplicam aos treinos mais tradicionais, de levantamento de peso com volume menor.

Como a Bebedeira Afeta o Crescimento Muscular

1 – Pode interferir com o Crescimento Muscular

A pesquisa preliminar mostra que o álcool pode prejudicar a síntese de proteína, ou o processo que constrói novo músculo. Em pesquisa feita em ratos publicada em American Journal of Physiology, o consumo de álcool foi associado com uma redução no peso muscular e massa corpórea magra. Os pesquisadores explicam que o álcool pode afetar as proteínas que ativam o crescimento muscular.

Além disso, um estudo separado de Pennsylvania State University College of Medicine descobriu que o álcool diminuiu a produção do hormônio do crescimento humano, uma parte chave da reparação muscular e processo de crescimento, por até 70%. Os especialistas notam que estes estudos foram feitos com uma grande quantidade de álcool administrada aos animais, assim algumas bebidas podem não ter o mesmo efeito.

2 – Pode Retardar a Recuperação

Se recuperar do treino pode levar mais tempo ao beber muito. Os cientistas de Massey University em Nova Zelândia descobriram que aqueles que ingeriram 1 grama de álcool por quilograma, em torno de 5 bebidas para um homem de 72.5 kg, depois de uma sessão de levantamento de peso, vivenciaram mais dor do que aqueles que beberam suco. E também tiveram níveis maiores de creatina quinase, uma enzima que sinaliza dano em tecido, mais tarde.

3 – Afeta o Metabolismo

O corpo prefere queimar álcool como combustível primeiro, empurrando outras calorias de volta na fila. Como um resultado, a queima da gordura retarda dramaticamente a cada vez que se bebe um coquetel. Um estudo publicado em American Journal of Clinical Nutrition mostrou que consumir 24 gramas de álcool, o equivalente a aproximadamente 2 bebidas, retardou o metabolismo da gordura em 73%.

4 – Pode Engordar

Até os físicos mais fortes podem parecer flácidos se cobertos em uma camada de gordura. E beber regularmente é um dos caminhos mais rápidos para ganhar peso. O álcool oferece 7 calorias por grama, ou aproximadamente 100 a 165 calorias em uma porção, e isso sem contar as misturas açucaradas.

E pode também afrouxar inibições e estimular o apetite, o que incentiva o consumo exagerado. Segundo a pesquisa de National Institute of Alcohol Abuse and Alcoholism, os homens consumiram 168 mais calorias em dias que tiveram uma bebida, do que quando não beberam. Embora isso não soe muito, pode somar, ter uma taça de vinho ou cerveja com jantar 3 dias por semana, e acabará com quase 3.6 kg mais pesado no final do ano.

5 – Acelera a Desidratação

Embora uma cerveja gelada pareça interessante depois de um treino pesado, tem o efeito oposto. Porque o álcool é um diurético, pode levar à desidratação. Causa ao corpo perder 3 por cento, mais fluido corporal, mostra um estudo em Journal of Applied Physiology. Assim, evitar essa cerveja pós-treino até que tenha se hidratado. Não ter suficiente líquido pode diminuir o fluxo sanguíneo aos músculos, que pode retardar a recuperação.

Leia também: Melhor Suplementos para mulher ganhar massa muscular

4 Dicas Úteis

Na seqüência são apresentadas algumas dicas simples em como manter o máximo de músculo possível da semana particular, enquanto ainda se divertindo.

1 – Água

Deixar ao menos 2 litros de água na cabeceira para beber quando chegar em casa antes de ir para cama. Não somente isso evitará uma ressaca, mas também ajudará a hidratar os músculos.

2 – Proteína

Beber um shake de Whey Protein ou comer algo denso em proteína, antes de dormir também, se possível. Isso ajudará a inibir o catabolismo ocorrendo dentro do corpo, sem mencionar que a proteína é sempre necessária.

3 – ZMA e Glutamina

45 minutos a uma hora antes do café da manhã, a dica é consumir uma porção de ZMA e 5 a 10 gramas de glutamina. ZMA naturalmente aumentará os níveis de testosterona que foram reduzidos a partir da noite de bebedeira, e a glutamina ajudará a parar o catabolismo.

4 – Café da Manhã

Comer um café da manhã cheio de alimentos que são ricos em proteína, cálcio, fósforo e ferro. O corpo está precisando destes nutrientes chaves, já que o álcool os diminuiu na noite anterior.

O álcool é divertido. Infelizmente, reduz também a testosterona entre todas as outras coisas negativas mencionadas. Isso não significa que há impedimento de se divertir, o importante é não ter receio em sair para diversão, porém, é essencial beber com moderação.

A ingestão moderada de álcool para adultos saudáveis, esta significa até uma bebida por dia para mulheres de todas as idades, e homens com mais de 65 anos, e até 2 bebidas por dia para homens com idade de 65 e mais jovens.

Sobre Rodrigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *