Aminoácidos Beta Alanina é bom

Published on agosto 8th, 2017 | by Rodrigo

0

Beta Alanina para que serve, Como Tomar, Preço e Onde Comprar

Entender melhor sobre o que é exatamente a bela alanina permitirá a certificação de maximizar o próprio desempenho. Enquanto há muitos suplementos atualmente que as pessoas questionam sobre quanta diferença eles fazem, a beta alanina é um item que provou a ser eficaz novamente.

Ter melhor compreensão sobre o que seja a beta alanina e como funciona no corpo permitirá saber que está maximizando o desempenho no regime de suplemento. Na seqüência há mais informação sobre a definição de beta alanina, como ingerir, e também quais vantagens gerará para os treinos, oferecendo maiores esclarecimentos.

O que É Beta Alanina

Beta alanina é um dos aminoácidos não essenciais que não é facilmente consumido na dieta regular mista de frango, carne, soro de leite ou peixe. Devido a este fato, pode tornar a obtenção na dose desejada um pouco mais difícil. Quando é ingerida pelo corpo, a beta alanina será convertida em carnosina, que servirá então ao propósito de aumentar a resistência, força, assim como desenvolvimento muscular.

Para aqueles que estão fortes em seu treino, isto então os capacitará para treinar ainda mais pesado enquanto estão na academia, resultando em ganhos musculares aumentados como um resultado direto. Além disso, para aqueles que estão tentando executar mais tipos metabólicos de treino por diminuir a quantidade de descanso entre séries, assim sendo, os permitindo aumentar a queima total de calorias e intensidade durante o treino.

Beta Alanina é bom, funciona mesmo

Como a Beta Alanina Funciona no Corpo

Olhando mais especificamente em que a beta alanina faz no corpo, é necessário observar um pouco mais para sua conexão com carnosina. É através do efeito direto de beta alanina que a carnosina realmente exerce sua influência, assim isso é realmente a chave para entender este suplemento.

A carnosina pode ser encontrada em 2 tipos diferentes de músculos no corpo, mas tem concentração maior nas fibras de tipo 2, que serão mais direcionadas aos exercícios de força máxima e intensidade. Quando o exercício de intensidade alta ocorre, o corpo começa a acumular uma grande quantidade de íons de hidrogênio, que então causa ao corpo absorver um estado mais ácido.

É também este aumento nos íons de hidrogênio que causará acumulação do ácido lático no corpo, o que em seguida, causará sensações de fadiga enquanto se exercitando e pode eventualmente gerar a interrupção do exercício inteiramente.

Se estiver obtendo grande acumulação de ácido lático na maioria dos treinos que está fazendo, isso será um fator limitante do desempenho geral e ao longo do tempo, definitivamente impactará em quanto rápido se vê os resultados.

A carnosina, quando presente no corpo, funcionará como um tampão intracelular, ajudando a estabilizar o pH muscular e também absorverá quaisquer íons de hidrogênio adicionais que são liberados enquanto o exercício está ocorrendo. Quanto mais carnosina esteja presente no sistema, então menos chances de sofrer de altos níveis de ácido lático.

É a suplementação de beta alanina que efetivamente aumentará os níveis de carnosina no corpo, com aumentos superiores observados após doze semanas consecutivas de uso. Por causa do fato que a pessoa não pode tomar carnosina diretamente por si, escolher suplementar com beta alanina, ao invés, é a melhor opção.

Quem Não Precisa desse Suplemento

Enquanto a suplementação com beta alanina deve ajudar a maioria dos indivíduos que estão envolvidos com exercício, os atletas de resistência que estão treinando e desempenhando com níveis de exercício leve ao moderado, podem não perceber a parte positiva dos efeitos. Simplesmente porque seu corpo não estará produzindo tanto excesso de íons de hidrogênio, assim não terão tanto acúmulo de ácido lático como outros atletas.

Beta Alanina Vs. Creatina

Muitas pessoas de modo freqüente questionam se a beta alanina funcionaria melhor do que a creatina em termos de aumentar a capacidade do corpo para tolerar o exercício, mas é importante notar que elas estão fazendo coisas opostas aqui.

A creatina está trabalhando para garantir que se tenha suficiente ATP, molécula de energia alta que abastece o exercício, no corpo, enquanto beta alanina essencialmente está certificando o ambiente para que o exercício permaneça favorável. Por esta razão, está realmente no melhor interesse das pessoas ingerir ambos os suplementos se possível.

Como tomar

Normalmente, é ainda recomendado fazer um pouco de fase do carregamento com beta alanina também, começando com aproximadamente 6 gramas espalhadas por 2 ou 3 doses durante o dia, pelos primeiros 6 dias, e então progredindo para a fase de manutenção, tomando em torno de 3 gramas divididas em 3 doses.

Notar que quando começando a tomar beta alanina, é possível sentir um pouco de sensação de formigamento no corpo, por causa dos nervos sob a pele estarem sendo estimulados. Não se preocupar se houver esta sensação, já que é realmente um bom sinal que o suplemento está fazendo seu trabalho.

Também ter em mente que tipicamente leva em torno de 2 semanas para começar a perceber aumentos bons no desempenho, assim se não é imediatamente notável, não desistir muito rápido.
Além disso, algumas pessoas descobrem que beta alanina funciona bem para aumentar a vasodilatação, já que a carnosina também funcionará como uma precursora para a sintase de óxido nítrico. Em pesquisa online realizada em agosto de 2017, o produto Beta-Alanina, 750 mg, 120 cápsulas, apresentou preço promocional de R$ 26.18 (Piping Rock).

Mistura Ideal com Beta Alanina

Assim como a creatina, beta alanina parece funcionar melhor se tomada com carboidratos também, devido ao pico de insulina que é criado, acelerando a absorção nas células musculares. Assim, se houver procura de uma maneira para estender os treinos para que possa treinar mais pesado e realizar mais em cada sessão de academia, considerar a beta alanina.

A fadiga é algo que muitos indivíduos enfrentam, especialmente se estiver fazendo dieta, portanto, qualquer coisa que possa aumentar os níveis, definitivamente melhorará a própria capacidade para continuar a fazer progresso.

Dosagem Correta

A beta alanina é um aminoácido não essencial. Os aminoácidos não essenciais podem ser produzidos pelo corpo, assim eles não têm que ser oferecidos pelos alimentos. Os aminoácidos são os blocos de construção das proteínas. A beta alanina é usada para melhorar o desempenho atlético e capacidade para exercício, construindo massa magra muscular, e melhorando o funcionamento físico em idosos.

A beta alanina é um aminoácido. No corpo é convertida em outras substâncias químicas que podem afetar o músculo. As seguintes doses foram estudadas em pesquisa científica, via oral, para melhorar o desempenho físico, 3.2 a 6.4 gramas diariamente de um produto de beta alanina específico.

Efeitos Colaterais e Segurança da Beta Alanina

Beta alanina é possivelmente segura quando tomada via oral apropriadamente por um curto período de tempo. Os efeitos colaterais não foram relatados com doses moderadas de beta alanina. As altas doses podem causar rubor e formigamento.

Em relação à gestação e aleitamento, não há informação de confiança suficiente sobre a segurança de ingerir beta alanina se estiver grávida ou amamentando. Permanecer em segurança e evitar o uso.

Benefícios da Beta Alanina

A beta alanina é um aminoácido não essencial de ocorrência natural que é convertido em outras substâncias químicas que podem então afetar os músculos. É necessária para a produção de carnosina. A carnosina é necessária pelas células do músculo a agir como um protetor para controlar o pH intracelular. O acúmulo grande de ácido pelos músculos é pensado a contribuir para fadiga.

A beta alanina é um recém-chegado relativo para a cena esportiva. A pesquisa sugere que, durante o treino de peso de intensidade alta, ou trabalho de arrancada, a beta alanina pode reduzir os sintomas da fadiga. Além disso, a suplementação com beta alanina pode melhorar a resistência muscular de adultos mais velhos, já que a carnosina declina com a idade, sendo mais um benefício percebido com a suplementação.

Pode Reduzir os Sintomas da Fadiga

Um estudo de 2008 em The College of New Jersey examinou os jogadores de futebol colegial em um cronograma de 30 dias de suplementação de beta alanina. Os jogadores foram aleatoriamente divididos em um grupo de suplemento ou de placebo, 3 semanas antes do campo de treino de futebol da pré-temporada.

O desempenho foi medido no primeiro dia de campo por teste de potência anaeróbia de 60 segundos, e 3 exercícios em linha. Ao longo da duração do campo, os registros marcaram volumes de treino de resistência, e as pessoas completaram questionários sobre sensações de dor, fadiga, e intensidade de prática.

O grupo que tomou os suplementos de beta alanina teve uma taxa menor de fadiga e um volume maior de treino ao longo dos exercícios. Em um estudo da Bélgica em 2007, duplo-cego, 15 atletas homens, competitivos treinados em corrida de velocidade, receberam ou suplementos de beta alanina ou placebos por 4 semanas.

A concentração de carnosina muscular foi testada e o desempenho foi avaliado. Os homens tomando os suplementos mostraram um aumento na carnosina muscular e um declínio de fadiga.
No entanto, o aumento na carnosina muscular não melhorou a resistência isométrica ou o tempo de corrida entre os participantes. Vários estudos adicionais encontraram resultados semelhantes e a beta alanina é geralmente considerada efetiva para compensar sensações de fadiga.

Pode Aumentar os Benefícios da Creatina

Outro estudo em The College of New Jersey, este realizado em 2006, analisou os efeitos desse Suplemento quando combinado com creatina. Durante um programa de 10 semanas de treino e resistência, 33 jogadores de futebol colegial tomaram ou creatina, creatina mais beta alanina, ou um placebo. O grupo tomando beta alanina viu os ganhos mais significativos na massa corporal magra, assim como redução da porcentagem de gordura corporal.

Tags: , , , , , , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑
  • Aviso

    ATENÇÃO: O conteúdo presente neste site serve apenas para fins informativos e não se destina a fornecer assistência médica. Antes de tomar qualquer suplemento alimentar ou iniciar um tratamento médico complementar, incluindo o uso de remédios naturais ou à base de plantas, você deve fazer sua própria investigação e, em seguida, consultar pessoalmente o seu médico, nutricionista ou personal trainer habilitado. Não compre produtos proibidos no Brasil, que não estejam registrados no Ministério da Saúde. Para maiores informações visite o site da ANVISA.