Home / Engordar / Buclina o que é, ajuda engordar, como tomar, efeitos colaterais
Buclina - o que é, ajuda engordar, como tomar, efeitos colaterais
Buclina - o que é, ajuda engordar, como tomar, efeitos colaterais

Buclina o que é, ajuda engordar, como tomar, efeitos colaterais

A Buclina é a denominação comercial do remédio com o princípio ativo, portanto, a substância causadora do seu efeito no corpo, sendo o dicloridrato de buclizina. Tal fármaco se resume composto anti-histamínico, que é a classe que abriga os remédios antialérgicos, como exemplo.

E tem venda como comprimidos de 25 mg. Com mais nomes comerciais, de vários fabricantes, o cloridrato de buclizina pode também ter venda na associação com minerais e vitaminas.

Buclina - o que é, ajuda engordar, como tomar, efeitos colaterais

Como a Buclina Funciona?

O dicloridrato de buclizina teve desenvolvimento há vários anos, e já foi usado em tratar várias condições, sendo exemplo vômitos, enjôo, reações alérgicas, diabetes, tontura gerada por movimento, enxaqueca, insônia e vertigem.

Em todas estas, o mesmo não possuiu eficácia comprovada e atualmente é vendido como estimulante de apetite, sendo auxiliar em ganhar peso nas crianças e adultos. O efeito orexígeno, trata-se do efeito de estimulação de apetite, sendo o oposto do anorexígeno, ainda não possui o próprio mecanismo inteiramente determinado.
Tem-se que por apresentar efeito hipoglicemiante, diminuindo a concentração do açúcar pelo sangue, o remédio faz estímulo da produção da insulina, induzindo o sistema nervoso central, sendo o centro de apetite do hipotálamo, para desencadear a sinalização, isto torna o apetite maior. O efeito colateral de Bluclina, a sonolência, auxiliaria também ao aumento do apetite.

Buclina Engorda Mesmo?

O remédio se encontra aprovado ao comércio pela Anvisa, isto quer dizer que foram aceitadas as alegações pela agência reguladora de medicamentos no país sobre a eficácia do laboratório responsável pela produção da Buclina. Assim, a Buclina engorda realmente. Várias pessoas afirmam perceberem os estimulantes efeitos de apetite, e terem benefício de seus efeitos a ganhar peso.

Pela bula da Buclina são encontradas citações de em torno de 5 estudos com publicação pelos pesquisadores em que indivíduos adultos e crianças foram capazes de ganhar peso através de ingerir cloridrato de buclizina.

Mas há especialistas que questionam o oferecimento dos estudos científicos para comprovação desta indicação de Buclina. O argumento é que há escassez de estudos com publicação há período superior a 40 anos nas revistas científicas de impacto baixo, sendo questionáveis metodologias.
Assim, eles pensam que haveria necessidade de estudos com maior profundidade e a envolver uma quantidade superior de indivíduos à coleta dos dados de maior confiança acerca da eficácia como orexígeno de cloridrato de buclizina.
Para decisão se há indicação de Buclina ao próprio caso, é fundamental dialogar com o médico, pois se trata da única pessoa capaz de orientar e prescrever, caso os benefícios possíveis possam ser interessantes para si, e nunca se automedicar.
Anteriormente a decidir ingerir qualquer remédio, é necessário fazer investigação se não há mais condições patológicas de trás do quadro do peso baixo, sendo exemplo os distúrbios psicológicos e hormonais. Se existir, tais condições devem receber tratamento anteriormente a qualquer mais alternativa ter uso.

Quanto Tempo para Verificar Resultados?

Os relatos apontam que a depender do que se come, o paciente pode ganhar até 5 quilos ao mês. Isto, certamente, dependerá de cada pessoa e muitos fatores, seguir uma adequada dieta é o principal. Considerar que apenas ingerir o remédio em si não vai fazer ganhar peso. Este somente ajudará a conseguir consumir quantidade maior para que isto tenha reversão nos quilos a mais.
Vai ser necessário o consumo da dieta balanceada, já que ao consumir várias calorias com proveniência dos alimentos pobres de modo nutricional, como os ricos na gordura e açúcar, pode fazer a pessoa ganhar em maioria, somente gordura, e também ocasionar ausência dos minerais e vitaminas.
A associação da Buclina e a adequada dieta e atividade física, sendo exemplo a musculação, pode ainda gerar resultados superiores além, já que a musculação é capaz de estimular o desenvolvimento muscular, e assim, o peso ganhado vai ser na grande parte da massa magra, sendo a forma esteticamente mais procurada, e mais saudável.

Dosagem da Buclina e Efeitos Colaterais

A posologia de recomendação por fabricante se caracteriza de 1 comprimido, 25 mg, oralmente, 30 minutos anteriormente ao almoço, e mais um comprimido 30 minutos anteriormente ao jantar. Em relação às crianças de 6 a 12 anos de idade, no lugar de 1 comprimido, a ingestão deve ser de meio comprimido anteriormente a cada refeição.

Sobre os efeitos colaterais, o efeito colateral principal de Buclina se mostra a sonolência. Vários pacientes apontam maior sonolência pelo dia, e isto pode ser sinal de perigo aos trabalhadores que operam máquinas ou conduzem, portanto, devem ser evitadas tais atividades.

A sonolência pode ocorrer somente em semanas iniciais do tratamento. Mais efeitos colaterais podem fazer inclusão de boca seca, constipação, retenção urinária, depressão, fadiga, náusea, diarréia, tremores, palpitações, e dor de estômago. No entanto, eles acontecem com freqüência inferior. Em pesquisa feita online em dezembro de 2017, o produto Buclina com 30 Comprimidos, apresentou preço promocional de R$ 12.65 (Ultra Farma).

Sobre Rodrigo

Você também pode gostar:

Cobavital e complexo B

Cobavital – bula, engorda, efeitos, como tomar, preço e onde comprar?

Cobavital e Complexo B - o que é, para que serve, ele engorda mesmo, bula, como tomar corretamente, preço e onde comprar Cobavital?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ebook GRÁTIS: 7 Melhores Suplementos para IniciantesDownload Agora